Explicando a coluna index_type_desc na sys.dm_db_index_physical_stats

Na view sys.dm_db_index_physical_stats há uma coluna chamada index_type_desc. Essa coluna indica a descrição do tipo do índice.

As possibilidades de valores nessa coluna se resumem as descritas abaixo:

Clustered Index: esse tipo de índice ordena fisicamente os dados da tabela, usado em colunas que tenham baixa seletividade e/ou, seja frequentemente pesquisada por um range de dados. Só pode haver um clustered index por tabela e esse pode conter no máximo 16 colunas e o tamanho máximo criado para o index key é de 900 bytes.

Non-Clustered Index: esse tipo de índice não impõe ordenação por este motivo é possível existir múltiplos índices deste tipo em uma coluna, contudo há uma limitação de 1000 non-clustered index por tabela. O Non-Clustered Index cria uma estrutura separada que aponta para a localização das páginas de dados. Usado em colunas que são pesquisadas por um valor (não por um range de valores) e em colunas de alta seletividade.

XML Indexes: são índices criados para facilitar a busca de dados dentro de colunas do tipo XML. Os XML Indexes são divididos em dois tipos:

  • Primary: é criado para todos os nós da coluna XML;
  • Secondary: são índices criados para um Path ou Node da coluna XML.

Spatial Index: esse tipo de índice é utilizado em colunas do tipo geometry ou geography.

Heap: se os dados de uma tabela não estão logicamente classificados, ou não há ordem de dados especificados na tabela isso será considerado um Heap Structure.

Para maiores informações sobre a sys.dm_db_index_physical_stats basta acessar o link http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/ms188917.aspx

Abraço, Rodrigo

Author: SQLCrespi

Rodrigo Crespi é MVP Data Platform, MCT, MCSE, MCSA, MCIT, MCDBA e MCP em SQL Server, possuí outras certificações em .NET Framework, Dynamics CRM e etc. Iniciou trabalhando com SQL Server na versão 6.5 na época como desenvolvedor, logo direcionou a sua carreira para a área de administração de bancos de dados. Atualmente é Sócio da CrespiDB – Soluções em Plataformas de Dados, além de professor universitário na Uniftec – Caxias do Sul Autor de diversos artigos publicados em sites e revistas sobre SQL Server e engenharia de software, mantem o canal SQLCrespi no Youtube, o blog SQLCrespi, além de ser dedicado ao SQL Server RS PASS Chapter Leader do grupo de profissionais em SQL Server do Rio Grande do Sul.

Deixe uma resposta