Linux Para DBAs SQL Server 02 – Instalação

Neste segundo post da série, não irei repetir os diversos tutoriais e how-to sobre instalação. Abaixo deixarei registrado os links mais confiáveis para realizar sua instalação.

Microsoft Docs:

Meu canal no Youtube SQLCrespi:

A parte do “como fazer” ficou fácil com os links acima. Porém é importante compreender que o SQL Server rodando no Linux não é uma emulação ou branch do projeto, mas sim, o mesmo projeto do SQL Server no Windows. Em próximos posts irei abordar mais sobre este assunto.

Para instalar um software no sistema operacional Linux, devemos compreender como funciona e quais as diferenças mais importantes entre os dois SO (Windows e Linux).

Na parte de instalação, o Windows geralmente inclui as dependências ou o vínculo com bibliotecas que já existem. Já no ambiente Linux o software (geralmente) é instalado em módulos, isso faz com que tenhamos menos chances de incompatibilidades com bibliotecas e outras referências de outros softwares.

Tenha atenção quanto as características particulares de cada distribuição do Linux. Verifique os links citados a cima.

Falando de sistema operacional, é o que venho falando à anos referente o Windows Server … Pouco há como provar que é necessário ter interface gráfica para um servidor de SQL Server. Em minha humilde opinião não é diferente para Linux, continua não fazendo sentido ter interface gráfica.

Sobre os discos, as recomendações são as mesmas, dividir os discos de dados, logs e tempdb. Caso esteja utilizando uma VM no Azure via template padrão, monte um swap na unidade temporária ou se houver espaço e o tempdb não for grande será uma oportunidade de alocar bem o espaço.

O SQL Server no Linux é compatível com XFS. Este modelo de file system trabalha bem com modelos de dados grandes. Pode ser uma boa pedida! Verifique a documentação da distribuição que você está utilizando.

O próximo post será sobre os componentes. Fique ligado! ;)

Abraço, Rodrigo

Referências adicionais:

  • https://www.redhat.com/pt-br/engage/microsoft-sql-server-rhel-whitepaper-20180525
  • https://rhelblog.redhat.com/2017/04/19/microsoft-red-hat-hpe/

Author: SQLCrespi

Rodrigo Crespi é MVP Data Platform, MCT, MCSE, MCSA, MCIT, MCDBA e MCP em SQL Server, possuí outras certificações em .NET Framework, Dynamics CRM e etc. Iniciou trabalhando com SQL Server na versão 6.5 na época como desenvolvedor, logo direcionou a sua carreira para a área de administração de bancos de dados. Atualmente é Sócio da CrespiDB – Soluções em Plataformas de Dados, além de professor universitário na Uniftec – Caxias do Sul Autor de diversos artigos publicados em sites e revistas sobre SQL Server e engenharia de software, mantem o canal SQLCrespi no Youtube, o blog SQLCrespi, além de ser dedicado ao SQL Server RS PASS Chapter Leader do grupo de profissionais em SQL Server do Rio Grande do Sul.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.